About

Tudo Começa

Com o Ambiente

Somos onde comemos

 

Desde 1987 que trabalhamos juntos. Através da nossa dedicação, amor e agradecimento conseguimos formar uma família pessoal e profissional repleta de muito carinho e boas vibrações.
Queremos agradecer a todos os nossos clientes por terem sempre acreditado no nosso trabalho e no nosso “prazer de bem servir” com qualidade e descontração. Esse é o nosso lema. Queremos que todos sintam que este restaurante é uma extensão de sua casa.
Esperamos que desfrutem, que recordem e que regressem.

Mafalda and Miguel

 

 

 

Everyday

Dia a Dia

Peixe Fresco

Todos os ingredientes são cuidadosamente escolhidos pelo Chef Miguel Reino nas suas visitas matinais aos mercados lisboetas.

 

 

Gallery

De Sua Casa

Uma Extensão

Queremos agradecer a todos os nossos clientes por terem sempre acreditado no nosso trabalho e no nosso "prazer de bem servir" com qualidade e descontração

 

Chef

Conheça

O Chef

Só precisamos de ouvir

 

 

 

Chef Miguel

De Portugal ao Brasil foram vários os lugares por onde Miguel Reino passou e deixou a sua marca. Teve a sua primeira aventura na cozinha aos dezasseis anos no restaurante de um tio. No Rio de Janeiro, já nos anos 80 e depois de se dedicar ao negócio da mineração, decide frequentar um curso de hotelaria. Começou por trabalhar com Claude Troisgros e fez estágios com grandes nomes da cozinha internacional como Gaston Lenôtre e Alain Jacob nos hotéis Sheraton e Rio Palace.

Passados três anos decide emancipar-se profissionalmente. Aos 23 anos abre o seu primeiro restaurante em Búzios, no litoral do Estado do Rio de Janeiro, com o nome inspirado no gigante dos Descobrimentos – O Adamastor – e dá início à sua jornada de descobertas. O primeiro de uma vida a descobrir-se e a reinventar-se como Chef.

De volta a Portugal no final dos anos 80 abre com o seu irmão Gigi o restaurante Flor da Várzea em Sintra. Segue-se a crêperie Só Crepes em Cascais, o restaurante Picanha em Lisboa e, por fim, o conhecido Aqui Há Peixe na Praia do Pêgo, onde homenageia por doze anos o magnífico areal de 65km que vai desde a Península de Troia até ao Cabo de Sines.

O seu instinto e a procura por novos desafios levam-no, treze anos depois, a mudar-se para Lisboa. Instala-se no Chiado, um dos bairros mais característicos da capital, e fica “entre o Carmo e a Trindade”. Aqui mostra a crescente maturidade da sua cozinha com a simplicidade como principal segredo e dá aos portugueses e turistas o melhor de Lisboa e de Portugal: o peixe.